brasil.gov.br

Caso: parceria com a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)

Um projeto voltado a transdutores P&T foi iniciado, em 2002, com uma solicitação da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) ao Laboratório de Pressão (Lapre) do Inmetro para a avaliação metrológica desses tipos de instrumentos.

Ações Inovadoras

Para atender às exigências da indústria atual, é frequente a implantação de processos de fabricação/produção complexos e sofisticados, que utilizam instrumentação de um nível de exatidão cada vez melhor. Um exemplo é a crescente demanda por calibrações de medidores de pressão, como o Sistema de Sensoriamento de Fundo de Poço. 

A tecnologia de sensoriamento por fibra óptica é muito recente. Estima-se que, atualmente, o número de poços de extração de petróleo no mundo que empregam essa tecnologia não passe de 200.

O desenvolvimento do conhecimento na área de sensoriamento a partir de sensores a fibras ópticas, os chamados Transdutores de Pressão e Temperatura (P&T), especificamente para as grandezas pressão e temperatura, revolucionará o mercado de prospecção de hidrocarbonetos, em especial sistemas “down hole” e de águas profundas. Por conta da tendência crescente de utilização desses tipos de sensores é que surgiu a necessidade de se estabelecer um programa de calibração de transdutores P&T, que permita avaliar, da maneira mais otimizada possível, o desempenho metrológico de sensores que, atualmente, são utilizados em Sistema de Sensoriamento de Fundo de Poço.

Um projeto voltado a transdutores P&T foi iniciado, em 2002, com uma solicitação da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) ao Laboratório de Pressão (Lapre) do Inmetro para a avaliação metrológica desses tipos de instrumentos.

Em 2006, foi montado um sistema de medição e também elaborado o respectivo procedimento de calibração de transdutores P&T permanentes para ambiente de poço de petróleo. Foi um trabalho conjunto realizado pelos Laboratórios de Temperatura e de Pressão do Inmetro e pelo Laboratório de Transdutores da PUC. Com a infraestrutura montada, foi possível analisar metrologicamente os transdutores P&T fabricados pela PUC.

 Em 2011, o técnico do Inmetro Luiz Henrique Paraguassu de Oliveira defendeu sua tese de doutorado com o tema “Análise Metrológica de Redes de Bragg de Alta Temperatura Voltadas para Aplicações de Sensoriamento”, cujos dados experimentais foram obtidos pela  utilização do sistema de calibração de transdutores P&T. Um dos produtos da tese, além da pesquisa realizada, foi a melhoria do procedimento de calibração de transdutores P&T existente.

 Em 2013, foram avaliados e calibrados transdutores fabricados pela empresa Transcontrol Comércio e Indústria de Produtos Eletrônicos Ltda que fabrica esse tipo de medidor.

Nossos Endereços

  • Prédio da Rua Santa Alexandrina

    PABX: (21) 2563-2800

    Rua Santa Alexandrina, 416

    Rio Comprido - Rio de Janeiro - RJ

    CEP: 20261-232

  • Campus Xerém

    PABX: (21) 2679-9001

    Av. Nossa Senhora das Graças, 50

    Xerém - Duque de Caxias - RJ

    CEP: 25250-020

  • Prédio da Rua Estrela

    PABX: (21) 3216-1000

    Rua Estrela, 67

    Rio Comprido - Rio de Janeiro - RJ

    CEP: 20251-900

  • Superintendência de Goiás - Surgo

    PABX: (62) 3237-3500

    Av. Berlim, 627

    Setor Sul - Goiânia - GO

    CEP: 74170-110

  • Brasília

    PABX: (61) 3340-1710

    EQN 102/103 - Lote 1, Asa Norte

    Brasília - DF

    CEP: 70722-400

  • Superintendência do R. G. do Sul - Surrs

    PABX: (51) 3342-1155

    Rua 148, s/nº

    São Geraldo - Porto Alegre - RS

    CEP: 90240-581

Inmetro © 1993 - 2014. Todos os direitos reservados.